Prevenção da dengue na infância: efeitos da participação em um campeonato com um jogo educativo

  • Aline Rosa do Nascimento
  • Elizeu Borloti
  • Verônica Bender Haydu
Palavras-chave: aedes aegypti, comportamento governado por regras, correspondência dizer-fazer, jogo de tabuleiro

Resumo

 

Casos de contaminação pelo vírus da dengue são uma grande preocupação no Brasil. O conhecimento advindo da Análise do Comportamento permite propor estratégias para o ensino de comportamentos de prevenção da dengue. Este estudo visou avaliar os efeitos da participação de escolares em um campeonato com o jogo de tabuleiro Nossa Turma Contra a Dengue (que ensina regras de prevenção) sobre comportamentos verbais e não verbais de prevenção da dengue. Dezesseis escolares participaram do campeonato. Antes e após o jogo de tabuleiro, os participantes executaram, individualmente, uma Atividade Prática Avaliativa (ações preventivas de controle da proliferação do mosquito), responderam a um questionário sobre regras de prevenção da dengue e jogaram uma versão adaptada do jogo Tapa Certo®. Os pais dos participantes foram entrevistados antes e após o campeonato, respondendo perguntas sobre comportamentos de prevenção da dengue apresentados pelos participantes em casa. Após o campeonato, 12 dos 16 participantes aumentaram a pontuação na Atividade Prática Avaliativa e 15 dos 16 participantes não alteraram o desempenho no questionário. Na avaliação com o Tapa Certo®, ocorreu aumento das pontuações dos participantes que não haviam respondido corretamente todas as questões no Teste Pré-Intervenção. Sugere-se que a participação no campeonato foi efetiva para promover comportamentos de prevenção da dengue.

Publicado
2018-05-03
Como Citar
do Nascimento, A., Borloti, E., & Haydu, V. (2018). Prevenção da dengue na infância: efeitos da participação em um campeonato com um jogo educativo. Perspectivas Em Análise Do Comportamento, 9(1), 90-109. https://doi.org/10.18761/PAC.2017.014
Seção
Artigos