Possíveis aproximações entre Antropologia Simbólica de Clifford Geertz e a Terapia de Aceitação e Compromisso

Autores

  • Miguel Abdala
  • Bruno Teixeira Silva
  • João Gustavo Chaves Maia
  • Vanessa Amarante de Souza
  • Ingrid Gomes Queiroz

DOI:

https://doi.org/10.18761/vecc0161122

Palavras-chave:

Terapia de Aceitação e Compromisso, Antropologia, símbolos, terapia comportamental

Resumo

Clifford Geertz (1926-2006) foi um influente antropólogo e fundador da Antropologia Simbólica, vertente das Ciências Sociais que preconiza questões simbólicas para o entendimento de questões culturais. Em contrapartida, com base na Análise do
Comportamento, surge a Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT), desenvolvendo intervenções e pesquisas enfatizando cognição e comportamento simbólico. O presente trabalho objetiva apresentar a noção de cultura da Antropologia Simbólica e como ela poderia contribuir com a ACT, integrando a compreensão de comportamento simbólico enquanto inerente as relações culturais. Para isso, foi utilizado o Procedimento de Interpretação Conceitual de Texto como ferramenta de descrição dos principais conceitos e críticas de Geertz em sua obra “A interpretação das culturas”, buscando-se discutir esses achados a partir das concepções da
ACT. Encontrou-se que entender cultura enquanto redes de símbolos possibilitaria intervir em questões estruturais, como racismo, de maneira congruente com o que já se discute na ACT, produzindo uma compreensão desses fenômenos de forma mais contextualizada. Como exemplo, foi apresentado uma amálgama como estudo de caso para descrever essa proposta de intervenções culturais na clínica. Assim, algumas compatibilidades foram encontradas entre as teorias, permitindo um diálogo inicial que produza avanços, em ambas as áreas, com o desenvolvimento de novos trabalhos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-04-12

Como Citar

Abdala, M. ., Silva, B. T. ., Maia, J. G. C. ., Souza, V. A. de ., & Queiroz, I. G. . (2023). Possíveis aproximações entre Antropologia Simbólica de Clifford Geertz e a Terapia de Aceitação e Compromisso. Perspectivas Em Análise Do Comportamento, 14(2), 194–207. https://doi.org/10.18761/vecc0161122