O Estudo Experimental das Relações entre Cultura e Comportamento Verbal: uma Revisão de Escopo

Autores

  • Samuel de Araujo Fonseca
  • Dyego de Carvalho Costa
  • Angelo Augusto Silva Sampaio

DOI:

https://doi.org/10.18761/PAC000764.nov22

Palavras-chave:

cultura, comportamento verbal, metacontingência, macrocontingência, revisão de escopo

Resumo

No modelo causal de seleção por consequências, o nível cultural descreve a origem e a manutenção de ambientes culturais, em que os efeitos produzidos afetam coletivamente o grupo como um todo. Na análise do comportamento, destacam-se as produções com os conceitos de metacontingência e macrocontingência, sobretudo o estudo da função do comportamento verbal na seleção cultural. Este trabalho realizou uma revisão de escopo da literatura analítico-comportamental sobre a relação entre metacontingência, macrocontingência e comportamento verbal. Seguindo o Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses extension for Scoping Reviews (PRISMA-ScR), foi realizado o levantamento sistemático de artigos publicados em revistas especializada da área em português, inglês e espanhol, bem como dissertações e teses brasileiras. Foram incluídos 28 trabalhos. Em geral, houve o predomínio de estudos sobre metacontingência, tendo como variável independente o comportamento verbal e como tarefa experimental a da matriz e o dilema do prisioneiro repetido. Os estudos discutiram seus resultados sobre a influência do comportamento verbal na seleção, transmissão e manutenção de comportamentos sociais e culturantes sobretudo a partir das propostas de Sigrid Glenn sobre o tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-07-12

Como Citar

Fonseca, S. de A., Costa, D. de C., & Sampaio, A. A. S. (2022). O Estudo Experimental das Relações entre Cultura e Comportamento Verbal: uma Revisão de Escopo. Perspectivas Em Análise Do Comportamento, 13(2), 031–053. https://doi.org/10.18761/PAC000764.nov22

Edição

Seção

Artigos