Aspectos Históricos, Teóricos e Metodológicos da Teoria do Momentum Comportamental

  • André Luiz
  • Carlos Eduardo Costa
  • Carlos Renato Xavier Cançado
Palavras-chave: persistência, resistência à mudança, artigo de revisão, momentum comportamental, ressurgência

Resumo

 

A Teoria do Momentum Comportamental (TMC) foi proposta para sistematizar os dados de pesquisas sobre resistência do comportamento à mudança, definindo-a como a tendência de um comportamento continuar ocorrendo quando se altera o ambiente no qual ele está sendo mantido. O presente artigo discorre acerca dos aspectos históricos, teóricos e metodológicos sobre a resistência do comportamento à mudança de acordo com o quadro conceitual da TMC e apresenta algumas das implicações dessa área de pesquisa para a Análise do Comportamento Aplicada. Observa-se que a resistência comportamental é um fenômeno complexo que pode ser afetado por diversas variáveis, tais como a taxa ou a magnitude dos reforços, diferentes exigências sobre a taxa de respostas e pelo atraso dos reforços. Tais resultados promoveram o desenvolvimento e refinamento de protocolos de intervenção, principalmente no trabalho com indivíduos com desenvolvimento atípico. A continuidade da pesquisa nessa área fornecerá maior e melhor conhecimento sobre o comportamento dos organismos, bases para revisões teóricas sobre os determinantes da resistência do comportamento à mudança bem como promoverá o desenvolvimento de intervenções comportamentais mais efetivas.

Publicado
2019-08-01
Como Citar
Luiz, A., Costa, C., & Cançado, C. (2019). Aspectos Históricos, Teóricos e Metodológicos da Teoria do Momentum Comportamental. Perspectivas Em Análise Do Comportamento, 10(1), 129-146. https://doi.org/10.18761/PAC.TAC.2019.007