Uma análise de relatos verbais de alunas sobre situações de assédio sexual no contexto universitário

Autores

  • Yana Linhares Universidade Estadual de Maringá
  • Carolina Laurenti

DOI:

https://doi.org/10.18761/PAC.2018.n2.08

Palavras-chave:

violˆencia de gênero, assédio sexual, professor universitário, alunas, análise do comportamento

Resumo

 

A dominação masculina é uma prática cultural que pode ser verificada em diferentes contextos, inclusive na universidade, como ilustrado nos casos de assédio sexual cometidos por professores contra alunas. O objetivo desta pesquisa foi investigar práticas de dominação masculina no ambiente universitário por meio da análise de relatos verbais de alunas postados em uma página do Facebook intitulada “Meu professor abusador”, utilizada para explicitar comportamentos abusivos emitidos por professores no âmbito educacional formal. Foram realizadas análises de 93 relatos que descreviam situações de abuso, perpetrados por professores universitários. Os principais aspectos identificados nos relatos foram: comportamentos abusivos na forma de brincadeiras e piadas; estereótipos de professores abusadores; o caráter gradativo do abuso; proposta de sexo em troca de notas, ilustrando o manejo de reforçadores e punidores típicos do contexto universitário. Foram descritos os efeitos dos abusos para o percurso acadêmico das alunas, como desistir de matérias, projetos, e da própria vida acadêmica; e também os comportamentos das alunas perante o abuso, com destaque para o comportamento de aquiescer, que pode acabar reforçando o comportamento abusivo do professor. Ressalta-se a importância da denúncia e da criação de instâncias na universidade que possam acolher, encaminhar, discutir e prevenir casos de assédio sexual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Alcará, A. R., Di Chiara, I. G., & Tomaél, M. I. (2005). Das redes sociais à inovação. Ciência da Informação, 34(2), 93-104. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-19652005000200010.
Almeida, T. M. C. (2017). Violências contra mulheres nos espaços universitários. In S. Oliveira, C. Portela, E. Silva, C. Stevens, & V. Zanello (Orgs.). Mulheres e violências: Interseccionalidades (pp. 384-399). Brasília: Technopolitik.
Bandeira, L. M. (2017). Trotes, assédios e violência sexual nos campi universitários no Brasil. GÊNERO, 17(2), 49-79. https://doi.org/10.22409/rg.v17i2.942
Bourdieu, P. (2010). A dominação masculina (9a ed.). Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. (Obra original publicada em 1998).
Costa, M. B. (2015). (Re)pensando o abuso sexual em contexto universitário: afeto, compartilhamento e a construção de fatos. (Monografia de Bacharelado em Ciências Sociais). Instituto de Ciências Sociais, Universidade de Brasília, Brasília.
Data Popular/Instituto Avon. (2015). Violência contra mulher no ambiente universitário. Recuperado de http://www.ouvidoria.ufscar.br/arquivos/PesquisaInstitutoAvon_V9_FINAL_Bx20151.pdf
Donahoe, J. W. (2014). Commentaries and replies: A marriage of convenience. European Journal of Behavior Analysis, 15(1), 40-42. https://doi.org/10.1080/15021149.2014.11434475
Figueiredo, B., & Paiva, C. (2003). Abuso no contexto do relacionamento íntimo com o companheiro: Definição, prevalência, causas e efeitos. Psicologia, Saúde & Doenças 4(2), 165-184. Recuperado em 13 de agosto de 2018, de http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-00862003000200001&lng=pt&tlng=pt.
Fitzgerald, L. F. et al. (1988). The incident and dimensions of sexual harassment in academia and the workplace. Jornal of Vocational Behavior, 32(2), 152-175. https://doi.org/10.1016/0001-8791(88)90012-7
Gallogly, S. M., Lott, B., & Reilly, N. E. (1986). Sexual harassment of university students. Sex Roles, 15(7/8), 333-358. https://doi.org/10.1007/BF00287976
Hill, C., & Silva, E. (2005). Drawing the line: Sexual harassment on campus. Washington: American Association of University Women Education Foundation.
Hirata, H., Laborie, F., Doaré, H., & Senotier, D. (Orgs.). (2009). Dicionário crítico do feminismo. São Paulo: Editora da UNESP.
Lei n. 12.015 de 7 de agosto de 2009. Altera o Título VI da Parte Especial do Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal, e o art. 1o da Lei no 8.072, de 25 de julho de 1990, que dispõe sobre os crimes hediondos, nos termos do inciso XLIII do art. 5o da Constituição Federal e revoga a Lei no 2.252, de 1o de julho de 1954, que trata de corrupção de menores. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/lei/l12015.htm.
Lei n. 2.848 de 7 de dezembro de 1940. Dispõe sobre o crime de assédio sexual e dá outras providências. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/LEIS_2001/L10224.htm
Palhares, I. (2016, 13 de fevereiro). Página “Meu Professor Abusador” recebe 600 relatos de assédio. Estadão de São Paulo. São Paulo, em http://brasil.estadao.com.br/noticias/geral,pagina-meu-professor-abusador-recebe-600-relatos-de-assedio,10000016107.
Paracampo, C. C. P., & Albuquerque, L. C. (2005). Comportamento controlado por regras: Revisão crítica de proposições conceituais e resultados experimentais. Interação em Psicologia, 9(2), 227-237.
Porto, M. (2017). O enfrentamento da violência no ambiente universitário: Uma experiência na Universidade Federal do Acre. In S. Oliveira, C., Portela, E. Silva, C. Stevens, & V. Zanello (Orgs.). Mulheres e violências: Interseccionalidades (pp. 400-411). Brasília: Technopolitik.
Sidman, M. (2009). Coerção e suas implicações. São Paulo: Editora livro pleno. (Obra original publicada em 1989).
Silva, E. C., & Laurenti, C. B. F. (2016). Skinner e Simone de Beauvoir: “A mulher” à luz do modelo de seleção pelas consequências. Revista Perspectiva, 7(2), 197-211. https://doi.org/10.18761/pac.2016.009
Skinner, B. F. (1973). O mito da liberdade. Lisboa: Edições 70. (Obra original publicada em 1971).
Skinner, B. F. (2003). Ciência e comportamento humano. São Paulo: Martins Fontes. (Obra original publicada em 1953).
Thomas, A. M. (2004). Politicies and practice: Assessing the impact of sexual harassment policies in UK universities. British Journal of Sociology of Education, 25(2), 143-160. Recuperado de http://www.jstor.org/stable/4128679

Downloads

Publicado

2019-07-30

Como Citar

Linhares, Y., & Laurenti, C. (2019). Uma análise de relatos verbais de alunas sobre situações de assédio sexual no contexto universitário. Perspectivas Em Análise Do Comportamento, 9(2), 234–247. https://doi.org/10.18761/PAC.2018.n2.08