Supressão condicionada: um modelo experimental para o estudo da ansiedade

  • Denigés Maurel Regis Neto
  • Roberto Alves Banaco
  • Nicodemos Batista Borges
  • Denis Roberto Zamignani

Resumo

O presente artigo apresenta uma breve perspectiva analítico-comportamental das emoções, a qual justificará a necessidade de estudos na área de supressão condicionada. Posteriormente, apresentar-se-á o modelo experimental da supressão condicionada, enfatizando os arranjos experimentais e descrevendo algumas variáveis envolvidas no fenômeno, relacionadas tanto ao condicionamento reflexo (S-S) quanto ao condicionamento operante (R-S) e que participam da produção de dados com sujeitos não humanos. Em seguida, serão apresentadas as pesquisas com participantes humanos que, utilizando os parâmetros das pesquisas descritas até então, tiveram como objetivo a produção de supressão condicionada, dadas as peculiaridades e os desafios particulares do tipo de participante. Para encerrar o artigo, apresentar-se-á a discussão sobre os pontos que necessitam de aprimoramento e desenvolvimento, visando a evocar nos leitores comportamentos de engajamento nesta linha de pesquisa. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-08-23
Como Citar
Neto, D. M. R., Banaco, R. A., Borges, N. B., & Zamignani, D. R. (2017). Supressão condicionada: um modelo experimental para o estudo da ansiedade. Perspectivas Em Análise Do Comportamento, 2(1), 5-20. https://doi.org/10.18761/perspectivas.v2i1.43
Seção
Artigos