Comportamento Verbal e Correspondência no Filme Rashômon

  • Julio Cesar de Rose Universidade Federal de São Carlos
Palavras-chave: comportamento verbal, correspondencia, mentira, Rashômon, Kurosawa

Resumo

 

O filme Rashômon, dirigido por Akira Kurosawa e lançado em 1950, costuma estar presente em todas as listas de melhores filmes de todos os tempos elaboradas por conhecedores de cinema. Vários personagens do filme narram o mesmo evento, mas os testemunhos são completamente diferentes. Neste artigo tratamos os personagens como se fossem pessoas reais. Seus relatos são, assim, tratados como se fossem comportamento verbal de pessoas reais, sujeitas a contingências reais. Podemos nos perguntar, então, quais seriam as variáveis responsáveis pelas discrepâncias nas histórias. Neste caso, é possível fazer conjecturas e hipóteses, mas falta um elemento essencial para aferir nossas hipóteses: como só poderíamos saber o que aconteceu com base no relato das testemunhas, e como não há confirmação independente dos detalhes da história, não podemos avaliar o quanto as descrições estão de fato sob controle dos presumidos acontecimentos

Publicado
2019-07-05
Como Citar
de Rose, J. (2019). Comportamento Verbal e Correspondência no Filme Rashômon. Perspectivas Em Análise Do Comportamento, 9(2), 212-223. https://doi.org/10.18761/PAC.2018.n2.06