Formação de professores para inclusão: histórias pessoal, pro ssional e acadêmica

Autores

  • Cassiana Stersa Versoza-Carvalhal
  • Camila Muchon de Melo
  • Silvia Aparecida Fornazari da Silva

DOI:

https://doi.org/10.18761/PAC.2016.036

Palavras-chave:

Formação de professores, educação inclusiva, análise do comportamento

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar o conteúdo do relato verbal de professoras que atuam com alunos incluídos, buscando investigar a importância da história pessoal, da história pro ssional e da formação acadêmica para o desenvolvimento de comportamentos favoráveis ou não à inclusão. Foi realizada uma entrevista com oito professoras da rede regu- lar de ensino do município de Londrina que tinham alunos incluídos em suas salas de aula, investigou-se aspectos de sua vida pessoal, pro ssional e de formação acadêmica relacionados à educação especial inclusiva, bem como sobre sua atuação e opinião diante da inclusão. Os aspectos identi cados como mais relevantes para o preparo adequado de professores para atuarem com educação inclusiva foram a experiência pro ssional e a vivência prática da edu- cação especial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-11-16

Como Citar

Versoza-Carvalhal, C. S., de Melo, C. M., & da Silva, S. A. F. (2017). Formação de professores para inclusão: histórias pessoal, pro ssional e acadêmica. Perspectivas Em Análise Do Comportamento, 8(2), 226–243. https://doi.org/10.18761/PAC.2016.036

Edição

Seção

Artigos