Estudantes Universitárias (os) Opinam sobre as Motivações do Sexting. A Busca por Contingências Culturais

Autores

  • Fabrício de Souza
  • Ana Barbara Vieira Sinay Neves

DOI:

https://doi.org/10.18761/00a234556

Palavras-chave:

Sexting, contingência, contingência cultural, cultura

Resumo

Analisando opiniões de estudantes universitárias (os) sobre as motivações para a prática do sexting, esta pesquisa investigou a ocorrência de contingências entrelaçadas e seus efeitos no compartilhamento de conteúdos eróticos pessoais. Participaram deste estudo 100 pessoas (65 mulheres, 33 homens e 02 não binárias), que responderam um questionário semiaberto sobre as motivações para o sexting. As respostas foram submetidas à análise de conteúdo para a verificação dos temas principais nelas contidos. Posteriormente, nessas respostas foram identificados os antecedentes e as consequências do sexting. A análise de conteúdo mostrou dois eventos motivacionais mais citados: estimulação sexual e relação interpessoal. As respostas de 08 participantes contiveram 09 descrições de contingências completas que foram analisadas e apresentaram elementos que as caracterizaram como macrocontingências. As contingências observadas nos contextos de estimulação sexual e de relação interpessoal indicam a necessidade da educação sexual para que a vivência da sexualidade em tempos de comunicação tecnologicamente mediada aconteça de maneira mais consciente das possibilidades e dos riscos envolvidos. Foi discutida a importância da intervenção baseada no conhecimento das contingências que caracterizam a prática cultural do sexting.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01-02-2024

Como Citar

Souza, F. de ., & Neves, A. B. V. S. (2024). Estudantes Universitárias (os) Opinam sobre as Motivações do Sexting. A Busca por Contingências Culturais. Perspectivas Em Análise Do Comportamento, 1(.), pp-pp. https://doi.org/10.18761/00a234556

Edição

Seção

Online first